Sobre Thalita Bernardes

Sou mamãe do Gabriel (conhecido por Gab, GabGab ou BabyGab), esposa, psicóloga (hoje em dia apenas na formação) e a partir de agora.. blogueira! Minha área de atuação sempre foi em Desenvolvimento Humano em Organizações onde trabalhei por 8 anos ajudando a desenvolver pessoas!

Minha mãe conta que quando criança, ao ser questionada sobre o que seria quando crescesse, tinha a resposta na ponta da língua: MÃE!!!

Engravidei, abri mão de tudo e resolvi me dedicar 100% a maternidade. Minha vida virou do avesso e brinco que por anos estive perdida no lado errado…descobri que o avesso sempre foi o meu lado certo! Sou muito feliz com as escolhas que fiz (fizemos na verdade, pois meu marido sempre me apoiou e participou de todas as decisões), e temos planos de aumentar a família em breve (sonho com 3 anjinhos em nossas vidas).

Comecei o Mamãe Felicia primeiramente no Instagram e fui motivada pelo sentimento de frustração e verdadeira onipotência diante das inúmeras ¨picadinhas do bem¨ que o meu pequeno levou quando completou 6 meses! Lembro dele ter chorado com tanta intensidade, de forma tão sentida que despertou em mim uma necessidade enorme de compartilhar meus sentimentos em relação a maternidade!

Passados quase 2 anos…

Meu objetivo foi ampliado! Percebi a curiosidade das pessoas que começaram a me seguir e a necessidade em abordar diferentes assuntos pertinentes ao mundo materno/infantil. A partir dai comecei a compartilhar minha rotina de mãe de primeira viagem, as angústias e os desafios que encontrava no meu dia a dia, a dividir meu conhecimento de mãe, psicóloga e admiradora do comportamento e desenvolvimento infantil, a multiplicar e ser exemplo de prática de criação com apego…também compartilhei minha história e ajudei pessoas no assunto amamentação e desmame, introdução alimentar, saúde, bem-estar,  enxoval, dicas de produtos úteis, moda para meninos…e muitos outros! 

Hoje, além dos assuntos acima abordamos com frequência os diferentes papéis da mulher diante do cenário atual em que vivemos, seu reencontro com si após ser mãe, a retomada da vaidade, o cuidado com o corpo, saúde e bem estar…seu papel como esposa e a importância da família como base e apoio nesse diante desse novo contexto.

mamae-felicia-03

Porque Mamãe Felicia?

Todo mundo me faz essa pergunta e eu me sinto uma E.T. nessa hora, rs…. mas quando eu era mais nova assistia Looney Tunes e me identificava muito com a vontade de esmagar bichinhos fofinhos que a personagem Felícia tinha, rs… me sentia assim com todos os bebes que me cercavam e quando o Gabriel nasceu satisfiz os meus desejos de apertos, beijos e abraços nele… Hoje, já com 2 anos, as vezes ele solta um: não mamãe, beijo não…..rs!!!

Hoje percebo que Mamãe Felícia imprime muito da minha personalidade e traduz o amor imenso que sinto por meu pequeno e pelo mundo materno.