30 ago
2016

Balanço para bebê – É mesmo indispensável?

Esse balanço ou mais conhecido por aqui como ‘a mão que balança o berço’ era um dos meus itens preferidos do enxoval do Gab!

Fiz que fiz que o marido trouxe dos EUA e quase me matou por conta do tamanho —- ok, superamos isso! Um dia conto o episódio do porco que comprei por engano, rsss, esse sim quase nos rendeu o divórcio!

Enfim, esse modelo é o My Little Snugabunny Cradle’ n da Fisher Price — o balanço tem por objetivo acalmar e entreter o bebê com seu globo espelhado (onde o o bebê olha a sua própria imagem) e passarinhos que circulam enquanto musicas suaves são reproduzidas!

Ele possui 6 velocidades de balanço, 3 posições de cadeirinha (totalmente deitado, inclinado e sentado) e 2 tipos de movimentos (balança para os lados ou para frente e trás). Também possui 16 musicas diferentes e 2 efeitos sonoros da natureza (que o Gab amava).

O tecido é de plush, o balanço é dobrável e diz ser compacto para armazenamento (não, isso não é mesmo..rs).

Pontos positivos: feito de um tecido delicioso parece “encaixar” o bebê de forma que fique super confortável. Além das musicas serem realmente relaxantes.

Pontos negativos: possui 6 velocidades mas a primeira delas (a mais fraca) é forte demais (na minha opinião). Sei que está relacionada com  o “embalo” do bebê mas, enquanto o Gabriel era muito pequenininho tínhamos receio de deixá-lo com o balanço ligado por muito tempo. 

 

Mas ter um balanço é realmente indispensável?

Como disse anteriormente desde que conheci o balanço me apaixonei e quis muito para o Gabriel! E até emprestarmos pros “geminhos” primos do coração achávamos que tínhamos usado muito com o Gab….descobrimos que não!

O Nando (um dos gêmeos) simplesmente apaixonou e usou muito mais do que o próprio dono, rs!

O Gab usou sim várias vezes, momentos esses em que tomei meus melhores banhos no começo da vida materna…mas não tanto quanto ele! Papai adorava esse recurso quando tinha que fazer o pequeno dormir, não sabia ninar então o colocava pra balançar…sempre deu super certo! Ligávamos a babá eletrônica na frente do balanço e agradecíamos a Deus pelos minutinhos de folga!!!! Rs..

Porém, se me perguntarem se é item indispensável do enxoval direi que não! Sobrevivemos sem ele e sem grandes traumas também! Ainda mais agora que o dólar ainda está caríssimo e que no Brasil o preço desse utensílio sai bem salgado (cerca de R$1000,00 contra U$ 170 dependendo do modelo).

Então mamães minha dica é: se quiserem muito um balanço desse para os babies de vocês e não quiserem fazer o investimento, vale procurar no site do Mercado Livre ou OLX. Às vezes a pessoa compra e quase não usa…fora que é sim um trambolho para se ter parado em casa, então eu mesma darei um jeito de passar pra frente o meu quando decidirmos “fechar a fábrica”, rs. 

Agora, se tiverem planejado no orçamento esse investimento então se divirtam! Existem vários modelos e cores diferentes disponíveis no mercado. Hoje, se eu decidisse investir em algum, sem dúvida minha escolha seria pelo Mamaroo da 4Mom’s, por conta de sua versatilidade e tecnologia. 

E por último, se não planejou e a grana está apertada (a grande maioria de todos nós), não se frustre!!

Não é indispensável, a não ser que você seja mãe de gêmeos (minha cunhada leu o post e pediu para incluir essa frase já que ela está agradecendo a Deus por ter o balanço em sua casa, rssss) e você encontrará outras formas para entreter o seu pequeno e tirar seus minutinhos de folga!

Porque no fim é isso que importa não é mesmo?

Ah, antes de resolver investir em um dos modelos abaixo, minha única dica que vale para todos é: analise bem o espaço da sua casa! Tanto o cantinho que irá deixar o balanço exposto, quanto o espaço para guardá-lo quando estiver em desuso. Para resolver essa questão tratei logo de emprestar o meu para as amigas com bebês pequenos =)

Ah, usei com o Gab assim que chegou da maternidade e com mais frequência a partir dos 2 meses. E segundo o fabricante, o produto suporta até 11kg!


0 comentários
compartilhar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *